Portal Pepper

Notícias

 

Caprichado, ‘Simonal’ faz jus ao recente universo cinematográfico da música brasileira

Isis Valverde e Fabrício Boliveira voltam a formar casal nas telonas
Por: Thiago Mendes |  Foto: Divulgação / Reprodução |  Data: 12 de Agosto 2019
Caprichado, ‘Simonal’ faz jus ao recente universo cinematográfico da música brasileira

Dez anos após o documentário 'Ninguém Sabe o Duro Que Eu Dei', de Calvito Leal, Claudio Manoel e Micael Langer, Wilson Simonal (1938-2000), dono de uma das vozes mais belas já nascidas no país, responsável por arrastar multidões nos anos 60 e 70, finalmente ganha sua cinebiografia.

'Simonal', primeiro longa de Leonardo Domingues, se junta a 'Tim Maia' (2014), 'Elis' (2016) e 'Minha Fama de Mal' (2019) neste respeitoso universo cinematográfico em construção sobre a história da música popular brasileira. O produtor Carlos Imperial (1935-1992), por exemplo, aqui vivido por Leandro Hassum, é figura importante em todos eles. Luís Carlos Miele (1938-2015) só não aparece no filme sobre Erasmo Carlos, embora compartilhassem os mesmos ambientes.

cinema simonal critica

Mesmo não fugindo de certos clichês deste tipo de biografia - manchetes de jornais pipocando na tela, fachadas de neón dos lugares em que se apresentava sucedendo-se durante a noite - 'Simonal' começa com um plano-sequência exuberante, de vários minutos de duração, que nos arremessa diretamente para o clima de uma típica noite musical do Rio dos anos 70. Outros desses planos sem cortes, apesar de menos extensos, ocorrerão durante o filme, sempre com a mesma destreza e ganho narrativo do primeiro, como quando o astro larga palco e plateia por alguns minutos para ir à rua, no boteco ao lado, retornando em seguida.

Assim como nos outros títulos desse universo biográfico-musical, Leonardo Domingues também nos entrega um produto de visual caprichado, com cenários e figurinos minuciosamente apurados, corroborados com os prêmios de fotografia e direção de arte em Gramado 2018, onde ganhou, também, o Kikito de melhor trilha sonora.

Critica Simonal Filme

Se o auge do recente 'Bohemian Rhapsody' (2018) é a reprodução detalhada do lendário show do Queen no estádio de Wembley, aqui pouco importa se o diretor não dispõe de um orçamento que lhe permita reconstituir a épica noite em que o cantor regeu 30 mil vozes no ginásio do Maracanãzinho. As envelhecidas imagens de arquivo falam mais forte que qualquer tentativa de encenação.

Reeditando a parceria de 'Faroeste Caboclo' (2013), Isis Valverde e Fabrício Boliveira voltam a formar um par protagonista. Em atuação segura, a atriz vive Tereza Pugliesi, primeira esposa do cantor, com quem teve três filhos, entre os quais os também músicos Simoninha e Max de Castro, responsáveis pela trilha sonora do filme. Boliveira demonstra-se inteiramente à vontade no papel, encarnando com naturalidade o carisma, a presunção narcisista e os lapsos de ingenuidade do artista.

Critica Simonal

Ingenuidade que lhe custou uma carreira de sucesso prolongado. A acusação de que prestaria serviços para o governo militar o condenou ao permanente marasmo. Ironia da história, talvez hoje as coisas seriam diferentes, e sua credibilidade estivesse, no máximo, dividindo opiniões. Ainda mais irônico será ver ao término de cada sessão quem o defenda não exatamente pelos mesmos motivos daqueles que o faziam décadas atrás, tamanha a inversão de valores que tem acontecido.

Por isso, Domingues prioriza manter sempre próxima a distância entre o popstar e aquele que trabalha para alcançar e manter o estrelato. Uma forma de conceder ao espectador uma visão equilibrada dos dois lados do Simonal, que, no fundo, nem eram tão distintos assim, com sua constante autoestima e confiança elevadas.

Sabiamente o enredo não avança para muito além do início de seu ostracismo de quase três décadas. Se vítima de perseguição de uma sociedade preconceituosa, ou de sua própria extravagância ofuscante, é, no mínimo, lamentável ver tanto talento repreendido e desperdiçado, sobretudo por consequência direta da época sombria pela qual o país passava. Lições que parecem não terem sido aprendidas.

Simonal - Brasil, 105 min, 2018. Dir.: Leonardo Domingues - Estreou em 8/8. Assista o trailer:

  Vídeos

  Artigos Relacionados

Indicados a GP do Cinema Brasileiro 2019 têm sessões gratuitas pelo país Indicados a GP do Cinema Brasileiro 2019 têm sessões gratuitas pelo país
A menos de um mês para a entrega do 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, a Academia Brasileira de Cinema promove, desde a última quinta (18), sessõ...
‘Turma da Mônica: Laços’ humaniza protagonistas como jamais se esperaria ‘Turma da Mônica: Laços’ humaniza protagonistas como jamais se esperaria
Num ano em que a Disney lança a rodo versões "live-actions" de suas animações clássicas, os personagens mais icônicos da ilustração brasileira também ...
Will Smith se sobrepõe em nova e luxuosa versão de ‘Aladdin’ Will Smith se sobrepõe em nova e luxuosa versão de ‘Aladdin’
Quase 27 anos após o lançamento da animação original, 'Aladdin' é a mais nova versão dos desenhos clássicos da Disney a ser realizada com atores fisic...
‘Kardec’ afaga seguidores e desafia os mais céticos ‘Kardec’ afaga seguidores e desafia os mais céticos
Cerca de 10 anos atrás, filmes de temática espírita se tornaram um lucrativo filão nos cinemas brasileiros. Com mais de 4 milhões de ingressos vendido...
‘Vingadores: Ultimato’ vai muito além de um grande evento cinematográfico ‘Vingadores: Ultimato’ vai muito além de um grande evento cinematográfico
Onze anos e 21 filmes depois, chegamos ao ápice do Universo Cinematográfico Marvel. Mais de uma década após os lançamentos do celebrado 'Homem de Ferr...
Versátil, Rodrigo Santoro é ponto de equilíbrio em ‘O Tradutor’ Versátil, Rodrigo Santoro é ponto de equilíbrio em ‘O Tradutor’
Admire ou não, é incabível dizer que Rodrigo Santoro está acomodado em seu ofício, tamanha a variedade de desafios que permanece a se propor em mais d...

Outros Assuntos

Ampara Animal abre primeira loja física, em Maringá Ampara Animal abre primeira loja física, em Maringá O shopping Catuaí Maringá, localizado no Paraná, sai mais um...
Saiba +
Melim promove campanha do agasalho com novo single Melim promove campanha do agasalho com novo single Formada pelos irmãos Gabriela, Diogo e Rodrigo, a banda Meli...
Saiba +
Renata Brás - A ciumenta da Praça Renata Brás - A ciumenta da Praça Atualmente no ar no quadro "A Ciumenta", no humorístico "A P...
Saiba +
"Layla, a Menina Síria" aborda tristes temáticas da imigração em Aleppo Nesta última quarta-feira (26), a foto de um pai e uma filha...
Saiba +
“Migrações” uma ópera performática acontece no Sesc Copacabana “Migrações” uma ópera performática acontece no Sesc Copacabana Depois de trabalharem juntos na bem-sucedida ópera de câmara...
Saiba +
Dona Nuvem chama atenção com sorvetes temáticos Dona Nuvem chama atenção com sorvetes temáticos Tudo começou na famosa Rua Augusta, em São Paulo, quando ini...
Saiba +