Portal Pepper

Notícias

 

Crônica de tempos cinzentos num Setembro Amarelo...

...e o velho anseio do homem em tentar ser feliz!
Por: Nayara de Deus |  Foto: Divulgação |  Data: 10 de Setembro 2018
Crônica de tempos cinzentos num Setembro Amarelo...

No Setembro Amarelo fico pensando aqui quantos motivos nos levam ao cinza. Quer ver mais cinza que os 13 milhões de desempregados aflitos quando antes, eram pouco mais de 4 milhões? Pois é. Não tem nada de amarelo nisso.

Aí você que já está sem trabalho fixo, precisa rodar a catraca. No meu caso, cada vez que rodo a catraca do transporte público de São Paulo e, para tanto, preciso desembolsar R$ 4 por giro, isso me leva ao cinza. O cinza que interfere no meu pleno direito de ir e vir.

Não é amarelo que enxergo também quando minha conta do Instagram por qualquer motivo indecifrável há mais de 3 meses não contabiliza meus novos seguidores. E vejo tudo bem cinzento quando as relações comerciais são atribuídas não mais a pessoas. Porque pessoas deixam de ter a importância que deveriam quando um empresário julga não valer a pena investir em gente, mas, em número de seguidores.

O tom de grafite, aliás, parece querer perseguir minha vida profissional virtual. O sr. Google, por exemplo, não acusa essa coluna quando o cidadão procura por "Nayara de Deus Portal Pepper" na busca. Resultado: um trabalho que deveria servir de portfólio para mim, "encontrável" a cada pesquisa pelo meu nome, acaba entrando em um buraco virtual que por vezes me faz desanimar.

E se fosse para o cinza pautar minha vida no que diz respeito à carreira quando vejo tanta gente desabilitada fazendo o que outros profissionais fariam muito melhor, então? Nossa! Teria de ser enterrado o termo "aquarela" dos dicionários mundiais.

Se tem algo que acinzenta tudo de vez, é ser honesto e, de repente perceber que parece não ser esse um valor de sucesso. Até porque não foi pelas vias da idoneidade que se tornou rica boa parcela dos representantes políticos de nossa sociedade. Justamente aquele cara que recebeu às vezes o seu voto de confiança.

E não basta só a falta de amarelo estar em nossas vidas financeiras. Ultimamente o cinza invade todo o meu peito quando a pessoa que eu mais queria que estivesse visualizando meus stories nunca nem entrou ali. Cinza que não é meu. Cinza que, por insegurança dele mesmo, o impede de tentar ser feliz. De receber todo o afeto que eu poderia lhe dar, mesmo em tempos tão carregados do tom do grafite.

Fico cinza ao ver meu gato Mário aos 13 anos emagrecer radicalmente, mas, não vou ousar desistir se, para tanto, souber que estou dando o máximo de mim para mantê-lo por mais tempo comigo.

setembro amarelo por nayara de deus

Agora mesmo, converso com um bom amigo que julga estar em depressão. Passou a viver por debaixo de uma nuvem tom de cinza ao ver um outro amigo mudar para o exterior sem dele se despedir. Passa horas e horas preso em seu quarto. Uma perda enorme para o mundo. Porque pessoas de boa alma e coração acabam sendo bem mais úteis ao se relacionarem com o planeta servindo de inspiração para todas as outras que certamente também precisam de algum tipo de ajuda.

Quem acompanha meu canal lá no Youtube, canal que nem sei se terá mais vida caso não encontre quem queira patrociná-lo (o que me deixa um pouco cinza também porque reconheço o meu talento) pôde entrar na minha casa e perceber que as minhas paredes são trabalhadas num tom bonito de amarelo gema.

Sim. Porque não haveria cor melhor para expressar quão distantes precisamos trabalhar para nos distanciarmos dos tons cinzas que afligem todo e qualquer cidadão. Do Velho, ou, Novo mundo. Dos desenvolvidos, ou, dos países subdesenvolvidos iguais ao nosso.

A busca pelo amarelo é a busca pela felicidade. Por vezes a temos nas mãos. Outras vezes, não.

E dentre tons cinzentos e dourados, cabe a nós entendermos que a tristeza invariavelmente é parte deste nosso estágio evolutivo. E ninguém é mais importante que você a ponto de que o mundo mereça te perder para o desânimo.

Eu continuo acreditando sempre. Se você não acredita, procure por ajuda!

Sério. 'Pêlamôr'! Só não abrevie sua jornada nesse plano material.

Porque a busca pelo amarelo precisa ser constante. E pensar nesse tom é exercício diário. Trabalhe pela vida!

  Artigos Relacionados

O caso Marielle Franco sem execução fatal... O caso Marielle Franco sem execução fatal...
Que o PSDB nunca foi lá famoso por manter diálogo com os movimentos sociais, já não é surpresa para quase ninguém. No entanto, as últimas baixas promo...
Crônica de uma nêga que não tem TV, mas, foi para o BBB! Crônica de uma nêga que não tem TV, mas, foi para o BBB!
Quatro semanas. Não uma, duas ou, três. Foram 4 semanas em jornada maluca em terreno completamente desconhecido. Tempo que até eu considero demais no ...
Viegas e Nayara de Deus falam sobre preconceito e politica Viegas e Nayara de Deus falam sobre preconceito e politica
Qual seu maior sonho? Participar do Big Brother Brasil e ser famoso por todo país, esse pode ser o discurso das centenas de participantes que entraram...

Outros Assuntos

Abacaxepa lança clipe de “Picadinho” que íntegra o álbum “Caroço” Abacaxepa lança clipe de “Picadinho” que íntegra o álbum “Caroço” A banda Abacaxepa acaba de lançar o videoclipe da canção "Pi...
Saiba +
Renata Brás estreia websérie em meio à quarentena Renata Brás estreia websérie em meio à quarentena Atualmente no ar com a reprise do humorístico "A Praça é Nos...
Saiba +
“O empreendedorismo de verdade se encontra na periferia”, comenta Facundo Guerra “O empreendedorismo de verdade se encontra na periferia”, comenta Facundo Guerra Conhecido na noite paulistana, Facundo Guerra é responsável ...
Saiba +
"Na favela não se espera oportunidades, nós a criamos", diz Rick Chesther Foi-se o tempo em que as favelas e suas histórias eram relat...
Saiba +
Theatro Municipal SP apresenta “A Biblioteca de Babel” Theatro Municipal SP apresenta “A Biblioteca de Babel” O Theatro Municipal de São Paulo, ligado à Secretaria Munici...
Saiba +
Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores, conhecida mundialmente por sua personagem Nairó...
Saiba +