Portal Pepper

Notícias

 

Quem disse que ser magro é o padrão ideal?

A sociedade valoriza demais o corpo perfeito
Foto: Divulgação |  Data: 20 de Maio 2015
Quem disse que ser magro é o padrão ideal?

Por Lucinda Lúcia da Costa

A aparência física é um reflexo do ego, e muitas vezes, as pessoas transferem insatisfações da vida pessoal para o corpo, através de cirurgias plásticas, mas isso não resolve o problema, a psicoterapia é sem dúvida o caminho mais indicado.

Cirurgias plásticas não são milagres nem soluções mágicas para os problemas emocionais. Emagrecer, engordar, mudar o cabelo, não resolve em nada nesses casos. Pois, não é mudando o superficial que a vida vai ser transformada. Trata-se, portanto de um engano para fugir do esforço e da responsabilidade que certas situações de crise exigem para ser sanadas.

Mas não podemos esquecer ou negligenciar outra hipótese. Quando algumas mulheres dizem que se arrumam para si e para os outros, acredito que seja a maneira mais eficaz que encontram para atrair um parceiro. E não agindo assim, somente na intenção de serem aceitas pelos outros e pela sociedade em geral. Embora ela busque também que seja autêntica, não se pode negar que as mulheres são engajadas a pensar que se estiverem bem, bonitas e atraentes os homens irão ao seu encontro.

As mulheres realmente passam a acreditar que para seduzir um homem sem correr o risco de perdê-lo, devem cultivar um "corpinho de ninfa". E não se dão conta que nem sempre o fator estético, é o único fator para se atrair um homem. Por conta dessa fantasia, muitas mulheres fazem, que na verdade nem é o ideal, mas que é o padrão valorizado e incentivado socialmente. Mas quem nunca almejou ser feliz, se sentir bem, realizada, bonita, se relacionar, ser valorizada, e ter a aceitação do outro?

Seja pela pressão da sociedade que valoriza o padrão magro, seja por qual motivo for, cuidar de si, da saúde, da aparência, gostar-se; é sabido que traz em si um sentimento muito bom de bem estar, como também, aumenta a autoestima das pessoas. Mas deve se atentar ao extremismo que está situação pode levar e aos riscos e consequências incutidas em alguns procedimentos utilizados para conquistar estes propósitos.

É importante que se leve em conta, quais são as reais necessidades antes de "se jogar de cabeça" neste modismo por corpos perfeitos. Em tudo que é perfeito não passa de uma idealização, pois o mundo em tempo algum foi perfeito, a não ser que nos reportemos ao mito do paraíso, o que não é o caso. Nesta linha de pensamento, a busca do corpo perfeito também não passa de uma idealização, de um ideal de ego (no caso impossível de ser alcançado, devido à exigência de perfeição), e não de um ego ideal possível.

Aliás, atendendo ao fato de que, embora padrões de beleza de hoje na nossa sociedade sejam o da mulher magra, o que se chama de corpo perfeito é na realidade um atributo para poucos, pois a grande maioria das mulheres e dos homens no mundo está mais para corpos salientes e não para magros, como se espera que sejam.

Então o "ideal" é este, onde a maioria não consegue alcança-lo? Alcançar ou não tal ideal, deixa de ser o fator mais importante, pois enquanto se tem um ideal na vida (seja ele qual for), e se luta para concretiza-lo, tem-se aí um motivo para se continuar vivo. Quando não se tem mais ideal na vida, deixa-se de viver e passa a esperar passivamente a morte. Neste sentido, a busca pela beleza, enquanto ideal de vida, é bom, na medida em que nos impulsiona para a vida.

Hoje a sociedade valoriza a busca da beleza, e da melhor aparência física, e no caso, de não ser este um ideal possível para algumas pessoas, deve-se então, buscar outro que o substitua e que faça sentido na vida de cada um. Será que se Freud fosse vivo, observando nossa sociedade atual, não acrescentaria como mais um outro desencadeador para que exista um mal estar na civilização? A desesperança.

Entre em contato com a nossa psicóloga -  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

  Artigos Relacionados

5 dicas de alimentação com Rodrigo Sangion 5 dicas de alimentação com Rodrigo Sangion
O personal trainer Rodrigo Sangion decidiu dar uma reviravolta em sua alimentação e na atividade física, pensando no seu bem estar, o proprietário da ...
Smartphone pode ser prejudicial à saúde Smartphone pode ser prejudicial à saúde
Os aparelhos de smartphones podem ser prejudiciais à saúde, segundo estudo da Universidade de Derby, no Reino Unido. Uma pesquisa foi realizada com 25...
Pessoas baixas possui maior risco para problemas cardíacos Pessoas baixas possui maior risco para problemas cardíacos
Segundo uma pesquisa da Universidade de Leicester, na Grã-Bretanha, mostra que quanto mais a pessoa for baixa, maior o risco de ela ter problemas card...

Outros Assuntos

Abacaxepa lança clipe de “Picadinho” que íntegra o álbum “Caroço” Abacaxepa lança clipe de “Picadinho” que íntegra o álbum “Caroço” A banda Abacaxepa acaba de lançar o videoclipe da canção "Pi...
Saiba +
Renata Brás estreia websérie em meio à quarentena Renata Brás estreia websérie em meio à quarentena Atualmente no ar com a reprise do humorístico "A Praça é Nos...
Saiba +
“O empreendedorismo de verdade se encontra na periferia”, comenta Facundo Guerra “O empreendedorismo de verdade se encontra na periferia”, comenta Facundo Guerra Conhecido na noite paulistana, Facundo Guerra é responsável ...
Saiba +
"Na favela não se espera oportunidades, nós a criamos", diz Rick Chesther Foi-se o tempo em que as favelas e suas histórias eram relat...
Saiba +
Theatro Municipal SP apresenta “A Biblioteca de Babel” Theatro Municipal SP apresenta “A Biblioteca de Babel” O Theatro Municipal de São Paulo, ligado à Secretaria Munici...
Saiba +
Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores, conhecida mundialmente por sua personagem Nairó...
Saiba +