Portal Pepper

Notícias

 

Insurgente – Um filme nada empolgante

O leitor-fã certamente reclama muito e com certa razão
Foto: Reprodução |  Data: 21 de Março 2015
Insurgente – Um filme nada empolgante

Por Rubens Ewald Filho

Chegou o segundo filme da série (temos ainda que esperar por mais dois capítulos, nos próximos anos, Convergente: Parte I e II), e por enquanto para a primeira parte esta previsto ainda o diretor alemão Schwentke, mas nunca se sabe ao certo até termos o resultado de bilheteria.

Ele fez nos EUA : Red: Aposentados e Perigosos, Te Amarei para Sempre, Plano de Voo, o horrível R.I.P.D. Agentes do Além. De qualquer forma, esta aventura teve algumas criticas bem severas que reclamam de mudanças no livro e soluções que os fãs acham discutíveis. Os jornalistas tiveram a falta de sorte de assisti-lo em uma cópia muito ruim, tão escura que era difícil enxergar alguma coisa, mas onde se percebia que o 3D (o anterior não tinha) é completamente dispensável.

Tive certa dificuldade em acompanhar a história, a principio, porque ela vai pulando de um grupo para outro, numa sucessão de corridas e perseguições. Simplesmente parece que há informação demais que foi jogada ao final do filme anterior e que agora fica confusa (até porque o espectador não se lembra de tudo que se passou).

O leitor-fã certamente reclama muito e com certa razão, porque não se explica direito muita coisa com a obsessão de Jeanine, a vilã (a coitada da Kate Winslet, teve a má sorte de estar mal vestida e gorda no filme anterior. Agora deve ter feito dieta e mudou o penteado que a deixaram mais jovem e interessante. Ainda assim faz uma cara de perplexa e seu personagem não ganha maior profundidade, nem mesmo diante de um final inesperado).

insurgente

Lamento muito, mas sou daqueles que tenho dificuldade em ficar diferenciando um grupo do outro. Acho até bom relembrar do que se trata. Esta distopia, fala de um mundo após apocalipse, em que a sociedade foi reorganizada em cinco facções (Audaciosos, Eruditos, Altruístas, Sinceros e Fraternais). A heroína chamada Tris (Shaillene) consegue escapar de um complô liderado pela facção dominante, os Eruditos, dirigida por Jeanine (Kate). Fugindo e em busca de aliados, Tris e seu namorado Quatre (Theo James, que perdeu o brilho neste filme, ficou opaco) são perseguidos e fogem de trem. Mas a vilã resolve aniquilar os Divergentes. Por que eles seriam uma ameaça a sociedade? A descoberta de uma caixa misteriosa, vinda do passado pode responder isso.

Nem por isso o filme deixa de ser menos misterioso. Tem gente correndo, pulando, voando até, em meio a prédios que se esfacelam e amigos que mudam de lados. Não deixa de ser curioso ver Shailene aqui ao lado do seu galã em A Culpa é das Estrelas, Ansel Elgort que aqui faz o irmão fraco e também outro amigo, que é o agora famoso Miles Teller, seu namorado de O Maravilhoso Agora que foi direto para a TV e que tem o papel mais interessante e dúbio do episódio.

Não sei se foi a projeção, mas o novo Insurgente me impressionou menos e deixou muitas duvidas. Não gostei dos efeitos, nem de Shailene de cabelo curto, que já impressiona menos.

Divergente: Insurgente. 119 min. Paris filmes. Direção de Robert Schwentke. Baseado em livro de Veronica Roth, com roteiro de Akiva Goldman, Mark Bomback, Brian Duffield. Com Shailene Woodley, Kate Winslet, Theo James, Ansel Elgort, Miles Teller, Mekhi Pifer, Jay Courtenay, Octavia Spencer, Naomi Watts, Ashley Judd, Tony Goldwyn, Maggie Q, Janet McTeer.

Assista ao trailer:

  Vídeos

  Artigos Relacionados

Dois Lados do Amor: Filme diferente que merece sua atenção Dois Lados do Amor: Filme diferente que merece sua atenção
Atenção: este é um filme diferente que merece sua atenção. Foi realizado por um diretor novato, que tinha feito antes apenas quatro curtas. E teve 15 ...
Força Maior – Foi um dos filmes europeus mais celebrados do ano Força Maior – Foi um dos filmes europeus mais celebrados do ano
Este foi um dos filmes europeus mais celebrados do ano tendo sido indicado ao Globo de Ouro, Oscar (ficou na pré-lista, mas não nos finalistas), prêmi...
Critica: 118 Dias - O terror aqui é mais psicológico Critica: 118 Dias - O terror aqui é mais psicológico
Não são todos que conhecem o americano Jon Stewart, que chegou a apresentar uma festa do Oscar (2006) sem maiores repercussões e recentemente largou d...

Outros Assuntos

Lady Gaga e Ariana Grande liberam clipe de “Rain on Me” Lady Gaga e Ariana Grande liberam clipe de “Rain on Me” Com uma faca cravada na coxa, Lady Gaga acaba de divulgar o ...
Saiba +
Disney lança canção “I am with You” para as pessoas em isolamento social Disney lança canção “I am with You” para as pessoas em isolamento social Em homenagem as pessoas que estão em quarentena, a Walt Disn...
Saiba +
Nina Pandolfo leva sua feminilidade lúdica para o Azerbaijão Nina Pandolfo leva sua feminilidade lúdica para o Azerbaijão Natural de Tupã, interior de São Paulo, Nina Pandolfo demons...
Saiba +
"Na favela não se espera oportunidades, nós a criamos", diz Rick Chesther Foi-se o tempo em que as favelas e suas histórias eram relat...
Saiba +
Arnaldo Antunes libera clipe de “Língua Índia”. Assista Arnaldo Antunes libera clipe de “Língua Índia”. Assista O cantor Arnaldo Antunes divulgou nesta última semana, o vid...
Saiba +
Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores, conhecida mundialmente por sua personagem Nairó...
Saiba +