Portal Pepper

Notícias

 

Tio Che: “A cena punk rock continua viva”

Conheça mais sobre a banda do ator Sérgio Guizé
Foto: Divulgação |  Data: 06 de Março 2015
Tio Che: “A cena punk rock continua viva”

A banda Tio Che é formada por cinco rapazes, da região do Grande ABC, em São Paulo, com um som intitulado de punk rock safado, os meninos seguem influências de Ramones, Jovem Guarda, Raul Seixas, Sex Pistols e outros músicos.

Acontece neste sábado (7), no Rio Rock & Blues, Rua Riachuelo, 20, Lapa, no Rio de Janeiro, a partir das 20h, o show de lançamento da nova turnê "Além", que traz o mesmo nome do single que faz parte da trilha sonora da novela "Alto Astral", que traz o ator Sérgio Guizé como protagonista e também vocalista da banda.

Portal Pepper: De surgiu o nome da banda Tio Che? (Leandro Moreti – vocal e guitarra)
Tio Che: O nome "Tio Che" faz menção a Che Guevara, nossas músicas sempre foram mais politizadas e no começo da banda isso era muito mais evidente, a figura do "Che Guevara" sempre foi algo muito forte neste sentido, colocamos o "Tio" justamente pra dar essa cara mais irreverente, mais irônica, característica que devemos carregar conosco pra sempre.

PP: Vocês se intitulam como uma banda de punk rock safado. O que seria punk rock safado na visão de vocês? (André Gieswein – baixo e back vocal)
TC: Na verdade falaram isso pra gente uma vez e achamos bem engraçado, é uma brincadeira em duplo sentido, principalmente pelo fato das letras terem essa tirada mais sacana. (risos)

PP: Como enxergam o cenário punk rock atual no Brasil? (Sergio Guizé – vocal e guitarra)
TC: Já foi melhor, nada se compara a época que tivemos em SP o festival "começo do fim do mundo" (realizado no Sesc Pompéia), que foi o auge do movimento punk brasileiro. Atualmente com certeza precisa de mais espaço e apoio, de qualquer forma a cena continua viva, muita gente boa mantém esse cenário pulsando, no ABC, podemos dizer com propriedade que existe um movimento underground forte e várias bandas boas continuam na ativa, um grande exemplo disso é a banda DZK (umas das nossas preferidas).

PP: Nas letras das músicas de vocês falam sobre cotidiano. Abordam a política atual? (Leandro Moreti – vocal e guitarra)
TC: Colocamos "pra fora" o que nos incomoda, algumas composições de maneira mais direta, como o caso da música "Política" e outras (grande maioria) mais implícitas, mas que muitos conseguem perceber. A falta de educação, diferenças e discriminação social, são os assuntos mais latentes.

PP: Como encaram a situação do país? (Todos)
TC: O país passa por um momento delicado, mas pra melhorar tudo começa da gente, parte de nós mesmos, da nossa iniciativa, passamos bons exemplos pra quem está ao nosso lado, quem está ao nosso lado pra outros e isso contagia. Não merecemos passar por isso, mas tudo tem que servir de aprendizado, está tudo errado desde o começo da história deste país, as coisas precisam mudar, a educação precisa mudar, ela é à base de tudo, só assim saberemos respeitar o próximo, votar, cobrar e reivindicar pacificamente temos o poder da mudança, somos mais fortes do que imaginamos.tio che além

 

PP: Todos os integrantes são da região do Grande ABC, em São Paulo? (Luthi Marques - guitarra)
TC: Sim, somos todos do ABC Paulista, Leandro, Nego Will e Guizé (atualmente no Rio) somos de Santo André, Luthi e André de São Bernardo do Campo.

PP: Como se conheceram? (Leandro Moreti – vocal e guitarra)
TC: Da formação original de 2001, somente eu (Leandro) e o Sérgio. O Guizé foi me apresentado por um amigo de escola em 1999, nesta época tocávamos apenas na minha casa nos fins de semana. O Nego Will era vizinho do Guizé, e já tinha assistido a alguns shows da banda, antes de ser convidado pra fazer parte (em 2005). O André trabalhava comigo (Leandro) em uma empresa em São Bernardo e logo ficamos amigos, ele tinha uma outra banda e tocamos juntos algumas vezes, a banda dele acabou na mesma época que precisávamos de um baixista, ligamos pra ele, fizemos o convite e aqui está ele conosco desde 2009. Conhecemos o Luthi pelo André, ele sempre fez participações especiais em nossos shows e às vezes substituía o Guizé em momentos de incompatibilidade de agendas, certo dia decidimos tocar com três guitarras e foi incrível. O Luthi tem muito talento, sempre gostou da banda e encaixou como uma luva.

PP: O que traz o primeiro EP da banda intitulado "As formigas que se abaixem"? (André Gieswein – baixo e back vocal)
TC: Nosso EP de estreia gravado em 2010 (lançado em 2011), são 4 faixas que escolhemos a dedo, são músicas de riffs fortes e refrão fácil e marcante e que refletem muito bem a transição da banda, pois das 4 faixas, 3 eram composições mais antigas e apenas "Bola 8" como nova, pra gente muita coisa mudou pós "Bola 8", desde a maneira de compor até os arranjos.

PP: Porque esse título? (Leandro Moreti – vocal e guitarra)
TC: Nosso roadie na época, tinha sonambulismo e enquanto dormia soltou a frase "As formigas que se abaixem", achamos demais isso e esse nome ficou. Pra gente tem um significado de "As formigas que se abaixem" porque estamos chegando com tudo.

PP: O vocalista da banda é o Sergio Guizé, protagonista da novela "Alto Astral". Como conciliam a rotina de gravação com os ensaios e shows? (Nego Will -bateria)
TC: Sim ele é um dos vocalistas e realmente não é muito fácil, mas também não é um bicho de sete cabeças, com planejamento, organização e vontade, tudo dá certo. Ficamos muito mais focados no eixo Rio-SP, quando não estamos no Rio ele está em SP, é cansativo, mas muito especial pra todos nós, amamos o que fazemos.

PP: Irão fazer um show de lançamento do novo trabalho da banda no Rio de Janeiro, neste sábado (7). O que vem de diferente do primeiro EP? (Todos)
TC: O nosso som ganhou muito mais potência e qualidade com a entrada de mais uma guitarra (Luthi Marques), estamos em total sintonia, vivenciando uma fase mais madura, "o todo" está muito mais profissional, estamos trabalhando muito mais, tocando e ensaiando como nunca antes. Temos novas composições pra mostrar e agora contamos com excelentes profissionais trabalhando ao nosso lado nos "bastidores", Luis Alessio, o pessoal da Deck Disc, Chuck Hipolitho (Vespas Mandarinas) e seu estúdio Costella, Thiago (Latino) e a Gisele Machado, isso com toda certeza já está fazendo total diferença, inclusive fica aqui nosso imenso agradecimento.

Assista ao videoclipe do single "Além":

  Vídeos

  Artigos Relacionados

Rosamaria Murtinho: “A coisa chata da vida é a morte” Rosamaria Murtinho: “A coisa chata da vida é a morte”
Rosa Maria Pereira Murtinho é uma atriz com um talento incomparável e carisma sem igual. Conhecida por Rosamaria Murtinho, nascida em Belém do Pará, t...
Bóris Casoy: “Isso é uma vergonha” Bóris Casoy: “Isso é uma vergonha”
Bóris Casoy completou recentemente, 74 anos de vida. Em meio a tantas polêmicas que rondam o seu nome, o âncora concedeu esse bate-papo de forma simpl...
Ronnie Von: “Tenho uma visão feminina da vida” Ronnie Von: “Tenho uma visão feminina da vida”
Ronaldo Lindenberg Von Schilgem Cintra Nogueira, mundialmente conhecido como Ronnie Von, nasceu na cidade de Niterói, Rio de Janeiro. Neste ano, compl...
Maria Helena Vianna: A riqueza de Alagoas Maria Helena Vianna: A riqueza de Alagoas
Maria Helena Vianna é top model e recentemente iniciou sua carreira no Brasil como atriz, e já começou bem, pois seu primeiro papel foi em Fina Estamp...

Outros Assuntos

Abacaxepa lança clipe de “Picadinho” que íntegra o álbum “Caroço” Abacaxepa lança clipe de “Picadinho” que íntegra o álbum “Caroço” A banda Abacaxepa acaba de lançar o videoclipe da canção "Pi...
Saiba +
Renata Brás estreia websérie em meio à quarentena Renata Brás estreia websérie em meio à quarentena Atualmente no ar com a reprise do humorístico "A Praça é Nos...
Saiba +
“O empreendedorismo de verdade se encontra na periferia”, comenta Facundo Guerra “O empreendedorismo de verdade se encontra na periferia”, comenta Facundo Guerra Conhecido na noite paulistana, Facundo Guerra é responsável ...
Saiba +
"Na favela não se espera oportunidades, nós a criamos", diz Rick Chesther Foi-se o tempo em que as favelas e suas histórias eram relat...
Saiba +
Theatro Municipal SP apresenta “A Biblioteca de Babel” Theatro Municipal SP apresenta “A Biblioteca de Babel” O Theatro Municipal de São Paulo, ligado à Secretaria Munici...
Saiba +
Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores estrela campanha vegana da PETA Alba Flores, conhecida mundialmente por sua personagem Nairó...
Saiba +